RP#19 – A COMPLEXA RELAÇÃO ENTRE O CRISTÃO E O DINHEIRO

20 de março de 2016

0 Flares Filament.io 0 Flares ×


Fala Resistência! Episódio 19 no ar e você é o nosso convidado para participar desse papo onde tratamos de diversos aspectos em relação ao dinheiro. Como saber qual o propósito de Deus para os bens materiais que Ele mesmo nos proporcionou? Posso desfrutar dos bens materiais sem culpa? Quando é que a entrega do dízimo ou oferta deixa de fazer sentido? Como agradar ao Senhor também com meu dinheiro? Investir em igreja é investir no Reino de Deus? Isso e muito mais neste programa. Após ouvir, participe conosco dando sua opinião em nosso site, ok?

Reunião mensal dos contadores do Reino de Deus composta por:Rodrigo Oliveira, Edvaldo Vieira (Ed), Will e Rodrigo Muniz

Comentado no programa:
Site de estudos Monte Sião
Livro Decepcionados com a Graça – Paulo Romeiro

Soundtrack do episódio composta por: Pink Floyd, Paulinho da Viola, Three Dogs Night, Frejat, Scott Holmes, Cybius, Totó, The Royal Philharmonic Orchestra, Dee Yan-Key, Dire Straits, Ennio Morricone e Tim Maia.

Ouça, comente e compartilhe.

Ouça o Resistência Podcast no SPOTIFY

Fique por dentro de lançamentos e sorteios, seguindo-nos em nosso Instagram

Participe da Confraria Resistência no WHATSAPP

Nos escreva um e-mail através do endereço resistenciapodcast@resistenciapodcast.com e participe enviando suas impressões, dúvidas, criticas e sugestões de temas para episódios

  • Andrew Wilkins Do Santos

    Muito bom episodio resistência mais foi um dos mais difficiles pra mim pois ele apontou varios erros meus e pessoas das quais eu mais amo mas mesmo assim foi edificante obrigado pelo seu esforço equipe da resistencia e continuem assim

    • Olá Andrew. Não se preocupe quanto a isso. Todos nós erramos. Talvez não nas mesmas áreas… mas erramos. O importante é aprendermos juntos o caminho do evangelho de Cristo e seguirmos consertando aquilo que não está de acordo com a vontade de Deus pra nós. Vamos seguindo juntos, rumo ao alvo, que é Cristo.
      Deus é contigo, mano.

    • Daniel de Oliveira

      Fico feliz Andrew, primeiro, por ter nos dado liberdade de colaborarmos de algum modo na sua vida, segundo, pela sua coragem de compartilhar sua resolução. Como disse o Rodrigo, todos nós erramos ou nos equivocamos alguma vez em relação ao Reino; Mas pela Graça de Deus, vamos nos aperfeiçoando. Muito obrigado por seu feedback, por sua coragem, sinceridade e consideração. Abraços desse irmão em Cristo.

    • Edvaldo Nascimento

      Muito corajoso mano… todos erramos. O evangelho nos confronta todos os dias. É um processo de santificação que só termina na eternidade. Uma abração!

      • “É um processo de santificação que só termina na eternidade”… Sábias palavras, meu amigo. O triste é vermos líderes que exigem uma pseudo-perfeição dos seus membros, execrando aqueles que tem seu desvio exposto publicamente.

        • Edvaldo Nascimento

          É verdade mano… bem parecido com um grupo de Fariseus que colocavam fardos no povo… que eles mesmos não carregavam. Aconteceu na idade média a mesma coisa… a história parece ser cíclica.

          • Olha aí a ideia pra mais um programa histórico…dessa vez sobre a idade média kkk

          • Edvaldo Nascimento

            Interessante! Período nebuloso e bastante produtivo… acho que “idade das trevas” não faz jus ao período. As universidades surgem nesse contexto.

    • Rodrigo Muniz

      Obrigado pelo comentário, Andrew! Que bom que servimos como esmeril pra te aperfeiçoar, amigo. Saiba que toda boa dádiva vem do alto, portanto, esse convencimento que entrou em seu coração não veio de outra pessoa senão o Espírito Santo. Receba, reflita, reaja. Que Deus te abençoe!

  • Fala pessoal! Muito bom o episódio! Temos que ter equilíbrio quando lidamos com dinheiro (em tudo, pra falar a verdade), pois não podemos deixar que ele nos domine, e também não podemos tirar o valor dele, pensando que não precisamos, visto que precisamos sim (Deus nos sustenta, mas Ele pode nos dar dinheiro para comprar a comida – comida não cai mais do céu). Então precisamos lidar com o dinheiro como algo necessário, mas não prioritário.
    Curti a conversa de vocês 😉

    Abraço
    EddieTheDrummer (PADD)

    • Eddie, é sempre um prazer para nós ter o seu feedback. Quando ele não chega, fico preocupado kkkk.
      Abração, mano!

    • Rodrigo Muniz

      Eddie, muito obrigado pela sua parceria. Perfeita a sua colocação. Mamon deve estar presente, tem que estar, na realidade. Mas, ele deve sempre saber e permanecer no lugar dele, abaixo de Cristo. E, o principal trabalho dele, como servo, é proporcionar a caridade. Que o Pai te favoreça nesses dias.

  • will soares

    Excelente colocação Allan! Ter ambição não é pecado nenhum. Creio que ter o coração voltado para Cristo é essencial para não se deixar ser tragado por essa paixão avassaladora que o dinheiro porporciona.
    Abraços!

  • Allan

    Oi Minha gente! uffa!! gostei quando o Edvaldo fala quase no finalzinho que não vê nada de mau ter um certo conforto! kkk. Porque é necessário uma certa ambição (objetivo) na vida não é? Nós como Cristãos devemos usar e dividir nossos recursos (como dinheiro, carro, talento e etc) com todos, não somente nossos irmãos. Por amor, a Cristo, a si mesmo e aos outros. abraços!!

    • É exatamente isso, Allan. Temos que ser misericordiosos e atenciosos com qualquer um que se apresente; independente de religião, cor ou sexo.
      Obrigado pelo teu feedback.
      Abração!

    • Edvaldo Nascimento

      Fala Allan obrigado pelo comentário. Sem dúvida não tem problema alguma. O problema quando essa busca se torna mais importante do que tudo na vida. Acredito que temos que estudar…batalhar… etc. Mas que isso não se torne um “deus” em nossas vidas. O nosso maior investimento é no Reino…. e o resto será acrescentado. Um abração extensivo a família.

    • Daniel de Oliveira

      Fala Allan!!! Seja bem vindo mais uma vez. Muito obrigado pelo feed back.

      É por aí mesmo, ter algum conforto faz parte da nossa existência, todavia, não é proveitoso ter e não compartilhar. Não vamos levar nada e também não vamos conquistar tudo. Compartilhar é a melhor e única opção. Abraços em Cristo Jesus!!!!

    • Rodrigo Muniz

      Obrigado, Allan, pelo comentário. Sim, a ambição é fundamental, pois é a tomada de consciência da própria responsabilidade do indivíduo. É o momento em que ele percebe que, se ele não fizer, NINGUÉM (nem Deus) fará por ele. O ponto é: qual a finalidade dessa ambição? E, no caso do Reino, será sempre o amor. Fique bem! Paz!

Resistência Podcast © 2016