RP#51 – CRISTÃO HOMOAFETIVO?

19 de dezembro de 2018

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Fala, Resistência! Último episódio do ano no ar e a gente não fecharia com um programa qualquer. Rodrigo Oliveira recebe o queridíssimo  Lisânias Moura, pastor sênior da Igreja Batista do Morumbi, SP, para debater a questão do homossexual cristão (E existe isso??).  O pastor Lisânias também é autor do livro que dá título a este episódio. Existe salvação para um homossexual à luz da Bíblia? Ser homossexual é pecado? E a cura gay? E o poder transformador de Jesus? E se o gay não quiser virar hétero na marra, a gente queima em praça pública ou casa ele com uma tia solteira lá da igreja? Isso e muito mais nesse episódio. Just Push Play!

Comentado no Episódio:

Livro CRISTÃO HOMOAFETIVO? – LISÂNIAS MOURA

CONTATO IGREJA BATISTA DO MORUMBI: 011 3538-0250

E-mail do Pastor Lisânias Moura: lisanias.moura@ibmorumbi.com.br

Redes Sociais:

Facebook
Instagram

Edição de áudio e arte da vitrine:  Rodrigo Oliveira e Chico Gabriel

Participe da Confraria Resistência no WHATSAPP

Nos escreva um e-mail através do endereço resistenciapodcast@resistenciapodcast.com e participe dos episódios enviando suas impressões, dúvidas, criticas e sugestões, e nós leremos nos Contatos Imediatos

  • Olá a todos!

    Acabei de ouvir este programa e realmente precisamos falar mais deste assunto em nossas igrejas. Quando falamos de homossexualismo como pecado que é praticado é tão semelhante como a mentira, pornografia, adultério etc. É como foi mencionado no programa, muitas vezes temos heterossexuais em cima do altar pregando, ministrando louvor ou mesmo ensinando em nossas escolas bíblicas dominicais, atuando na diaconia em pecado e “fazemos vista grossa” para tal pecado somente pelo fato de ser heterossexual. Creio sim que é possível uma pessoa ter sentimentos homo afetivos e ser fiel a Deus e neste caso abrindo mal da sua sexualidade para servir a Deus, da mesma forma que o viciado em pornografia não fazer uso da internet para acessar tal conteúdo ou a pessoa que não consegue frear sua língua na hora de fazer “fofocas” etc.

    Glória a deus pela forma como o Pastor Lisânias abordou o assunto, que Deus em Cristo o abençoe!

    Abraço.
    Tiago Augusto

    • Fala, Tiagão!

      Realmente, dividir pecados em categorias é uma forma de dizer que o outro é pior do que eu, já que não cometo a mesma “abominação” que ele. Isso é injusto, uma vez que “todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus”. Mais importante do que julgar as motivações dos corações alheios, é amar e acolher.
      Graças a Deus os feedbacks que recebi desse episódio tem sido positivos, o que mostra que estamos no caminho certo.

      Muito obrigado pelo teu primeiro feedback! Se quiser participar da Confraria Resistência no Whatsapp, a gente troca uma ideia por lá. O link de convite está acima, na postagem do episódio.

      Abração!

    • tiagoaugusto82 but

  • Ótimo episódio e necessário! É um tema complicado porque o pessoal esquece o básico, que devemos amar o próximo. Cristo tratava os pecadores da mesma forma: os recebia com amor, mostrava o Caminho, e nunca se contaminava ou concordava com o pecado da pessoa. Só que Ele não fechava os olhos, e mostrava o pecado para a pessoa junto com seu grande amor por ela. E então, dava a escolha: seguir a Ele, ou ao pecado. Como comentado no episódio, não é uma transformação completa e instantânea, mas é necessário primeiramente essa entrega a Deus.
    Muito bom o papo e esclarecedor!

    Abraço!
    EddieTheDrummer

    • Obrigado pelo comentário, Eddie.

      Realmente você tocou num ponto chave. Nós como igrejas estamos mais preocupados em apontar quem merece ir pro céu ou pro inferno do que em amar, acolher, ensinar e respeitar a individualidade de outros. Não é por força que converteremos alguém. Na verdade, nem somos nós que convertemos alguém kkk. Isso é obra de Deus! A nós cabe amar ao homossexual como se fosse a nós mesmos.

Resistência Podcast © 2016